Tag Archive: sonic syndicate


Terminus / Neo Partus: Top (20)10

Bom… é estranho perceber que JÁ estamos acabando 2010. Parece que foi ontem que eu estava fazendo o meu top 10 de 2009 (merecidamente liderado pelo Lynyrd Skynyrd!) e estava lá incessantemente ouvindo o álbum “Atittude”, do Susperia e o “Avatar”, do Avatar, que não saem das minhas playlists até hoje, aliás. Em resumo, posso dizer que, mesmo 2010 tendo ficado um pouco atrás do ano passado, foi um ano cheio de bons frutos.

Com relação aos shows, a nossa terrinha tupiniquim foi visitada por Metallica e AC/DC, depois de muito tempo, assim como a realização do SWU queimou a língua de muita gente (inclusive a minha), trazendo bandas do calibre de Rage Against The Machine, Linkin Park e tal.

Por outro lado, foi um ano de incontáveis perdas, como do vocalista Peter Steele (do Type O Negative), cuja morte desta vez era real, ao contrário dos boatos de anos passados. Perdemos também o baixista do Slipknot Paul Grey, um dos nove mascarados e um dos caras mais técnicos e presenciais do grupo. Apesar da implicância que muitos fan-boys metidos a true têm com os caras de Iowa, não se pode desrespeitar o trabalho deles. No lado mais Hard Rock, o grande vocalista Steve Lee, da banda suíça Gotthard sofreu um acidente de moto no deserto dos EUA, e infelizmente também passou desta para melhor, deixando no ar dúvidas sobre o destino de sua banda. E, como não poderia deixar de faltar, talvez a perda mais considerável deste século, Ronnie James Dio, o baixinho feioso que com certeza marcou a história da música com as suas passagens pelo Rainbow e Black Sabbath, além da ótima carreira-solo.

Ainda na parte triste da coisa, vemos pré-adolescentes descerebradas idolatrando troços como Restart, Cine, Justin Bieber e coisas do tipo. Isso realmente é de amargurar qualquer um. Quando você acha que os emos eram praga, os imbecis vêm com tudo pra cima de você.

Bom, o que mais de relevante em 2010… o Metalcore provou por A + B que está cada vez mais estagnado, com bandas umas iguais às outras surgindo em cada esquina. O Thrash Metal old-school parece estar passando por um momento de remodelagem, com moleques de 17 anos formando suas bandas para tocar um som sujo e pesado como de 30 anos atrás. Bandas como Forbidden, Immortal e outras parecem ter voltado do limbo e lançaram grandes trabalhos. O seu querido Judas Priest encerrou a carreira de turnês, assim como o Scorpions… Bom, não sei o que mais, qualquer novidade, postem nos comentários.

Vamos ao que interessa então:

Continue lendo

Anúncios

A banda que despontou como uma das maiores promessas do MeloDeath sueco na primeira metade da década de 2000, principalmente por contar com dois vocalistas na sua formação e agregar elementos mais modernos e comerciais (bem americanizado), o Sonic Syndicate foi gradativamente transformando o seu som, deixando um pouco o Death de lado, passando pelo Metalcore e cada vez mais em direção a algo mais moderno, já sob a Nuclear Blast Records e excursionando por diversos países com bandas do porte de Soilwork, Dark Tranquillity e Nightwish.

Continue lendo