Tag Archive: king crimson


Saudações Proggers!

Sejam bem vindos a mais uma edição da sua dose semanal de rock Progressivo

Em comemoração ao fim do ano que já esta chegando, falamos um pouco mais descontraído sobre um assunto diferente: covers famosos. Conhecemos músicas famosas que nunca imaginamos que Daniel Gildenlow ou Mike Portnoy tocaria, mas mesmo assim adoramos o resultado. Além disso, contamos com a participação especial de nosso amigo ouvinte, Lucas N, que deu a indicação de banda da semana e ainda por cima falamos sobre nossa MEGA PROMOÇÃO DE NATAL.

NOTA: Mais uma vez pedimos desculpas pelo atraso. É gente, fim de ano ta TEMÇO

Indicações da semana

Comentado no episódio

PROMOÇÃO DE NATAL

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.com

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Seja nosso amigo no orkut

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

Comentem, espalhem, divulguem

Baixe agora o episódio

Saudações Proggers!

Sejam bem vindo a mais um episódio do Progcast

Nesta segunda parte do podcast saiba o que aconteceu depois do primeiro hiato do King Crimson. Continue acompanhado a história desta grande banda, a partir da década de 80 até hoje. Descubra como é entrar em uma banda que não está na ativa e saiba o melhor jeito de sair dela. Tente descobrir, também, o insturmento que o novo membro da banda tocava e para que ele servia.

Além disso, escute muita musica boa, e preste uma homenagem junto com agente ao grande e incomparavel Ronnie James Dio, que deixou este mundo para ganhar o seu posto de vocalista lá no céu. Em nossa trilha sonora foi selecionada duas das suas maiores músicas para tentar mostrar nossa adminiração pela fera que influenciou e mudou o mundo da música.

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.com

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Assine o feed do podcast no Itunes

Ouça no Mevio.com clicando aqui

Baixe agora o episódio

Comente, espalhe, divulgue xD

Para quem ouviu o Progcast #02 – Na Corte Do Rei Rubro sabe que ficamos meio no escuro quando falamos do excelente Trey Gunn e o que seria sua Warr Guitar. Pois bem, agora depois de tantos anos escondido do grande público, Gunn e sua Warr Guitar voltam as luzes principais dos grandes palcos, junto com Marco Minneman, conhecido como um virtuoso baterista, para o lançamento do projeto Moderator.

Continue lendo

Progcast #02 – Na Corte DO Rei Rubro

Saudações Proggers!

Sejam bem vindo ao segundo episódio do Progcast
Nesta primeira parte do podcast descubra a história de uma das maiores lendas de todos os tempos…King Crimson. Acompanhe a história desta banda desde da sua criação até a primeira separação em 1974. Conheça as dificuldades das turnês, como era difícil viajar com um sintetizador dentro de um ônibus e saiba como seria se um grande cantor popular assumisse os vocais desta banda.

Além disso, escute muita musica boa, pois nesse programa a trilha sonora foi selecionada para ilustrar as melhores passagens desta banda que influenciou todos os estilos de Rock ‘n Roll.

IMPORTANTE: A segunda parte deste programa irá ao ar na próxima sexta-feira de manhã, por isso, não deixem de conferir no nosso site ou em nosso feed.

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.com

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Assine o feed do podcast no Itunes

Ouça no Mevio.com clicando aqui

Baixe agora o episódio

O que foi comentado no programa:

Comente, espalhe, divulgue xD

Imago: As artes reais do Rei Rubro

Um dos alicerces da gênese do Rock Progressivo, talvez o King Crimson tenha sido uma das mais experimentais e influentes (até os dias de hoje) bandas surgidas no final dos anos 60. Robert Fripp, figura importantíssima do estilo, conseguiu agregar ao longo do tempo influencias que iam do Jazz ao Eletrônico, passando por Drum’n’bass, Hard Rock, New Age, elementos psicodélicos e experimentais, e, inclusive, um embrião (ainda que disforme) do que seria o Heavy Metal uma década mais tarde. A extensa discografia da banda, peculiarmente tem mais álbuns ao vivo do que de estúdio (vai entender…), sendo 25 apresentações gravadas contra “apenas” 13 de estúdio, além de 3 EPs, 8 coletâneas e 14 Singles, sem considerar os infinitos projetos paralelos e álbuns solo entre as idas e vindas da banda nesses 40 anos de carreira.

Continue lendo