Tag Archive: terminus


O projeto paralelo de Michael Amott (guitarrista do Arch Enemy e ex-Carcass) que se iniciou em 1993 e vêm lançando álbuns regularmente ao longo destes quase 20 anos, foca principalmente em um Hard Rock/Stoner Metal bem chupinhado de bandas como Black Sabbath e Candlemass, focando sempre em temas espirituais e místicos em suas letras.

Continue lendo

Formado no ano passado como um supergrupo do Heavy Metal Americano, o Charred Walls Of The Damned (que nome…) foi idealizado inicialmente pelo grande baterista Richard Christy, após a sua saída do Iced Earth em 2004 e o posterior ingresso no The Howard Stern Show, onde ficou por mais de cinco anos. E durante todo esse tempo, manteve na ativa a composição de músicas que viriam a compor esse debut.

Continue lendo

Terminus / Neo Partus: Top (20)10

Bom… é estranho perceber que JÁ estamos acabando 2010. Parece que foi ontem que eu estava fazendo o meu top 10 de 2009 (merecidamente liderado pelo Lynyrd Skynyrd!) e estava lá incessantemente ouvindo o álbum “Atittude”, do Susperia e o “Avatar”, do Avatar, que não saem das minhas playlists até hoje, aliás. Em resumo, posso dizer que, mesmo 2010 tendo ficado um pouco atrás do ano passado, foi um ano cheio de bons frutos.

Com relação aos shows, a nossa terrinha tupiniquim foi visitada por Metallica e AC/DC, depois de muito tempo, assim como a realização do SWU queimou a língua de muita gente (inclusive a minha), trazendo bandas do calibre de Rage Against The Machine, Linkin Park e tal.

Por outro lado, foi um ano de incontáveis perdas, como do vocalista Peter Steele (do Type O Negative), cuja morte desta vez era real, ao contrário dos boatos de anos passados. Perdemos também o baixista do Slipknot Paul Grey, um dos nove mascarados e um dos caras mais técnicos e presenciais do grupo. Apesar da implicância que muitos fan-boys metidos a true têm com os caras de Iowa, não se pode desrespeitar o trabalho deles. No lado mais Hard Rock, o grande vocalista Steve Lee, da banda suíça Gotthard sofreu um acidente de moto no deserto dos EUA, e infelizmente também passou desta para melhor, deixando no ar dúvidas sobre o destino de sua banda. E, como não poderia deixar de faltar, talvez a perda mais considerável deste século, Ronnie James Dio, o baixinho feioso que com certeza marcou a história da música com as suas passagens pelo Rainbow e Black Sabbath, além da ótima carreira-solo.

Ainda na parte triste da coisa, vemos pré-adolescentes descerebradas idolatrando troços como Restart, Cine, Justin Bieber e coisas do tipo. Isso realmente é de amargurar qualquer um. Quando você acha que os emos eram praga, os imbecis vêm com tudo pra cima de você.

Bom, o que mais de relevante em 2010… o Metalcore provou por A + B que está cada vez mais estagnado, com bandas umas iguais às outras surgindo em cada esquina. O Thrash Metal old-school parece estar passando por um momento de remodelagem, com moleques de 17 anos formando suas bandas para tocar um som sujo e pesado como de 30 anos atrás. Bandas como Forbidden, Immortal e outras parecem ter voltado do limbo e lançaram grandes trabalhos. O seu querido Judas Priest encerrou a carreira de turnês, assim como o Scorpions… Bom, não sei o que mais, qualquer novidade, postem nos comentários.

Vamos ao que interessa então:

Continue lendo

Terminus: Hellyeah – “Stampede”



Considerado um supergrupo, o Hellyeah foi idealizado inicialmente pelo guitarrista do Nothingface Tom Maxwell e o vocalista do Mudvayne Chad Gray, que começaram a esquematizar a formação de uma banda já em 2001, mas que acabou demorando para sair do papel por problemas de agenda das suas respectivas bandas. Em 2006, porém, as coisas começaram a funcionar com a entrada do baterista Vinnie Paul (porr*, vocês sabem de onde, certo?), e o lançamento de seu clássico primeiro álbum no ano seguinte, o que atraiu todos os holofotes do Heavy Metal americano para eles.

Continue lendo

O projeto paralelo do vocalista Corey Taylor (Slipknot), Stone Sour, surgiu na realidade bem antes do famigerado grupo de mascarados. O que pouca gente sabe é que a banda esteve na ativa entre 1992 e 1997, quando Corey e o guitarrista Jim Root se integraram ao Slipknot, voltando à ativa em 2002, lançando os aclamados “Stone Sour”, no mesmo ano e “Come What(Ever) May” em 2005.

Continue lendo

Dimmu Borgir, a banda mais poser e purpurinada do Black Metal norueguês. Isso é ruim? Claro que não! A trupe liderada por Silenoz e Shagrath tem uma das carreiras mais sólidas da história, com músicas bem elaboradas e um excelente trabalho orquestral. Pois bem, grande parte de 2009 e 2010 a banda teve problemas com a demissão de ICS Vortex e Mustis (uma das maiores cagadas na minha opinião) e um temor por parte de fãs.

Continue lendo

Alguns sujeitos no mundo da música adquirem com o passar do tempo a característica de gênio ou lendas. E com certeza esse é o caso do senhor Jeffrey Phillip Wielandt, ou, mais conhecido pela alcunha de Zakk Wylde, o ogro gigante beberrão sulista que esteve no comando das guitarras da banda de Ozzy Osbourne por 22 anos, responsável pela criação de muitos clássicos eternizados do Heavy Metal. Junto a isso, a sua banda solo, o Black Label Society, manteve-se em atividade paralela, lançando oito álbuns de estúdio desde então.

Continue lendo

Os dinamarqueses do Volbeat são uma das poucas bandas hoje em dia que podemos chamar de Rock and Roll, no seu sentido mais bruto, sujo, pesado e descompromissado. Altamente influenciado por bandas como Motörhead, Metallica, além de um que de Johnny Cash, Elvis e muita música Southern, a banda sempre manteve esse estilo vintage tanto nas músicas quanto no visual.

Continue lendo

Uma das mais roots bandas do Death Metal sueco que explodiu no final da década de 80/início de 90, o Unleashed surgiu das cinzas do extinto Nihilist, pelo vocalista/baixista Johnny Hedlund, com um som básico, altamente influenciado por bandas como Venom e Motörhead, mas agregando uma singularidade épica, principalmente nas letras, que abordavam (além do standard do Death Metal), coisas sobre a mitologia e a cultura Viking.

Continue lendo

Terminus: Disturbed – “Asylum”

O conjunto de Illinois Disturbed ficou famoso alguns anos atrás pela sua inacreditável capacidade em destruir banheiros e vestiários dos locais em que faziam seus shows. De baderneiros de início de carreira, tornaram-se uma das maiores bandas do chamado New Metal, e uma das poucas que conseguiram reconhecimento suficiente para ainda estarem fortes no cenário, agregando fãs que não se resumem ao do seu estilo.

Continue lendo