Tag Archive: symphony x


Saudações Proggers!

Sejam bem vindos a mais uma edição da sua dose semanal de rock Progressivo

O episódio desta semana traz uma repassada na carreira de um dos maiores expoentes do Prog Metal mundial: os americanos do Symphony X! Não perca neste episódio: Porque invadir a biblioteca usando couro é absolutamente normal, quais os motivos de não deixar um gato e um cachorro produzir o seu álbum e, principalmente, o desafio (e a intriga) está lançado: fãs de Symphony X, provem que são melhores e maiores que os de Dream Theater, lotando os nossos comentários!

Indicações da semana (Obs.: Não estranhem, nós gravamos, mas sumiu! Então colocamos apenas as músicas)

O que tocou neste episódio

  • Masquerade
  • Sea Of Lies
  • Eve of Seduction
  • Awakening
  • Doppelganger (Forgotten Suns)
  • Land of Plenty (Carptree)
  • A Lesson Before Dying
  • The Edge Of Forever
  • Premonition
  • The Damnation Game
  • The Divine Wings Of Tragedy
  • Smoke and Mirrors
  • Candlelight Fantasia
  • In The Dragons Den
  • Evolution
  • King of Terrors
  • Fallen
  • Inferno
  • Oculus Ex Inferni
  • Set The World On Fire
  • Seven
  • Paradise Lost
  • Masquerade ’98

Comentado no episódio

O programa “Kill Paramore Fan Podcaster”, by Heverton
Vídeo de “Serpent’s Kiss”
Vídeo de “Set The World On Fire”

Comentários, sugestões, correções e contato: progcastbr@gmail.com

Sigam-nos no Twitter @progcastbr

Seja nosso amigo no orkut

Adicione o Progcast no seu msn! group1336447@groupsim.com

escute nossa rádio!!!

Comentem, espalhem, divulguem

Baixe agora o episódio

Anúncios

Imago: Máscaras sinfônicas

O Symphony X despontou no início da década de 2000 como um dos maiores ícones do Prog Metal, aliando uma vasta influência Neo-clássica, com toques de Power e Thrash Metal no seu som trabalhado e épico. Ao longo destes 7 álbuns de estúdio, uma coletânea e um ao vivo a banda vem evoluindo gradativamente, sem mudar drasticamente o seu som, mas ficando cada vez mais pesada e progressiva ao mesmo tempo, de forma que as duas características cresçam juntas.

1994 – Symphony X

Continue lendo