Category: Commentum


Commentum: The Wall II

Na última parte de Commentum, trocentos anos atrás, paramos no meio do conceito do álbum “The Wall”, do Pink Floyd, quando o personagem Pink construiu um muro de isolamento metafórico ao seu redor, preferindo se esconder dentro de sua própria mente invés de enfrentar a vida como ela é diante de seus olhos (e assim termina o lado B do disco 1… hora de botar o segundo na agulha)

Continue lendo

Anúncios

Commentum: The Wall

Muito tempo desde que essa coluna ficou adormecida, por causa de malditos compromissos acadêmicos, já que essa é a que demanda mais tempo e trampo pra ser escrita, tamanha a quantidade de detalhes. Bom, pra voltar então, nada mais justo que analisar a fundo o conceito por trás de uma das maiores obras já feitas: “The Wall”, no nosso querido Pink Floyd. Particularmente, esse é o meu álbum favorito dos ingleses (contrariando os defensores do The Dark Side Of The Moon), então, pra mim é uma escolha mais do que óbvia.

Continue lendo

Voltando à história do nosso amigo atormentado Nicholas… (Se você não sabe quem é ele, acesse a primeira parte aqui)

Ato 2

Continue lendo

Considerado por muitos fãs como a masterpiece do Dream Theater, “Metropolis” é o único álbum conceitual da banda que segue uma linearidade. Não irei me prender muito no background da própria banda, pois o mesmo será abordado no lado B do Progcast sobre Dream Theater, que irá ao ar no dia 18/06. Sendo assim, vamos direto para a história.

Apesar de contar uma história fechada, as letras foram compostas por mais de um integrante, o que não atrapalha de nenhuma forma como ela é contada. O conceito da trama gira em torno de Nicholas, um sujeito que tem a impressão de acordar para outra vida toda vez que fecha os olhos (peraí, não vimos algo parecido em um filme com bichos azuis gigantes?), indo de temas como loucura, e assassinato em uma história de amor, com um plot bem legal no final.

Continue lendo

Commentum: Tommy (Parte II)

Esta é a parte II do post “Tommy”, para acessá-lo, clique aqui

Dando continuidade ao conceito por trás de uma das maiores obras de Rock já feitas, só para relembrar, Tommy já foi submetido a vários “tratamentos”, porém em vão, sendo assim…

Continue lendo

Commentum: Tommy

Lançado em 1969, a obra conceitual “Tommy” não é apenas um dos maiores álbuns de Rock da história, mas um marco em todo o estilo. Considerado aquela que é a primeira “Rock Opera”, o álbum duplo foi composto basicamente pelo guitarrista Pete Townshend, contando a história de um garoto cego, surdo e mudo que se torna uma espécie de messias. O trabalho alcançou tamanho sucesso que já virou peça de ópera, musical, teatro e até mesmo um filme.

Musicalmente falando, é uma das mais intrincadas e complexas obras da banda, tamanha a quantidade de instrumentos utilizados e a sua participação (alguns deles tocam em apenas um trecho de determinada música), talvez um reflexo do próprio conceito na história do álbum, baseado nas idéias de Townshend e seus estudos sobre Meher Baba e alguns outros escritos sobre a iluminação do ser-humano.

Continue lendo

Commentum

A nova coluna dentro do Progcast será uma abordagem sobre a história ou o tema contado nos álbuns conceituais, algo bem recorrente no Rock e Metal Progressivo. Iremos a fundo no que cada álbum conta, explorando a realidade que a banda se encontrava, algum fator que possa tê-la influenciado e como ela abordou os temas na história. “Commentum”, do latim, significa “invenção” ou “ficção”, e é uma das raízes da palavra “conto”.

Vale lembrar que não seguiremos nenhuma ordem cronológica sobre os álbuns, mas sim aqueles que forem sendo estudados a fundo e de alguma forma compreendidos.

Sugestões de álbuns, críticas, sugestões, leave a reply!

Bons sonhos, e espero que aproveitem a leitura.