Category: Imago


1987 – Crest Of A Knave

Continue lendo

1977 – Songs From The Wood

Continue lendo

1973 – A Passion Play

Continue lendo

Sério… antes eu fazia aquela breve introdução sobre a banda e tal. Mas enfim, não mais…. agora vamos direto às capas, que é o que interessa!

1968 – This Was

Continue lendo

Imago: Gentle Giant II

Dando continuidade aos posts sobre as capas do Gentle Giant…

1974 – The Power And The Glory

Continue lendo

Imago: Gentle Giant

Uma das lendas mais cultuadas da década de 70, a banda dos irmãos Shulman adquiriu esse status ao lançar 11 álbuns praticamente seguidos um do outro durante a década de 70, exibindo técnica e experimentalismos acima da média, mesmo para uma banda de Rock Progressivo no seu ápice de criatividade.

1970 – Gentle Giant

Continue lendo

Imago: Até a revelação II

No último episódio de Imago

“…contando com algumas das mais históricas figuras da música britânica…”
“…marcou o começo dos desentendimentos dentro da banda, com Peter Gabriel cada vez mais ausente…”
“…quem está puxando quem?”

Muito bem, na semana passada, tratamos das capas do Genesis em sua fase mais clássica, até a saída de Peter Gabriel, em 1974/1975, sendo assim…

1976 – A Trick Of The Tail

Continue lendo

Imago: Até a revelação

Um dos pilares do Rock Progressivo, e contando com algumas das mais históricas figuras da música britânica, o Genesis lançou nessa sua extensa carreira de mais de 40 anos (se não contarmos o hiato entre 1998 e 2006) 15 álbuns de estúdio, 6 ao vivo, 6 coletâneas, além dos mais de 40 singles. Uma das bandas que sempre teve um cuidado meticuloso com o visual, principalmente nas apresentações ao vivo, mas, e nas capas…

1969 – From Genesis To Revelation

Continue lendo

Imago: Máscaras sinfônicas

O Symphony X despontou no início da década de 2000 como um dos maiores ícones do Prog Metal, aliando uma vasta influência Neo-clássica, com toques de Power e Thrash Metal no seu som trabalhado e épico. Ao longo destes 7 álbuns de estúdio, uma coletânea e um ao vivo a banda vem evoluindo gradativamente, sem mudar drasticamente o seu som, mas ficando cada vez mais pesada e progressiva ao mesmo tempo, de forma que as duas características cresçam juntas.

1994 – Symphony X

Continue lendo

Imago: Oceanos topográficos III

Ufa, finalmente chegamos na conclusão das capas do Yes…

Para acessar a parte I deste post, clique aqui e para ler a parte II clique aqui

1991 – Union

Continue lendo