Considerado um supergrupo de Rock Progressivo e Classic Rock, o Yoso surgiu da idéia de Billy Sherwood, Tony Kaye (ex-membros do Yes) e Bobby Kimball (ex-Toto), em 2009, inicialmente apenas como um projeto dissidente do Circa para tocar clássicos de suas ex-bandas ao vivo. Porém, o entrosamento entre eles foi tão natural que em um ano de turnê pelos EUA e México já tinham material suficiente para gravar um álbum com músicas inéditas.

Gravado no 4Tune Studios, “Elements” foi lançado via Frontier Records em 02 de julho e é basicamente uma ode ao Rock Clássico da década de 80, feito por quem esteve musicalmente ativo naquele período, algo que se reflete de forma tão natural e forte que as composições nem parecem de um álbum de 2010.

A faixa que dá nome à banda (e ao álbum, afinal, Yoso significa “Elements”) abre o disco com o espírito do Rock Clássico saltando aos nossos ouvidos e um trabalho incrível principalmente das linhas de teclado de Kaye. Em seguida, “Path To Your Heart” é uma daquelas típicas canções que já nascem com aspecto de hit: desde a introdução até cada detalhe de cada instrumento (todos tocados por Billy Sherwood, com exceção do teclado), culminando em um dos refrões e riffs mais pegajosos do álbum, uma nostalgia impressionante que continua em “Where You’ll Stay”, uma balada que poderia muito bem ter saído de algum álbum do Toto. “Walk Away” e “The New Revolution” logo depois, marcam a presença de músicas mais… felizes, por assim dizer, com destaque para os ótimos solos de guitarra, fator também notado na introdução da balada “To Seek The Truth” (performance invejável de Bobby Kimball), com uma das melhores letras já escrita por eles. As próximas canções, como “Only One”, “Close The Curtain”, “Won’t End Tonight”, “Come This Far” e “Time To Get Up” mantém o mesmo clima cadenciado e orientado pelas ótimas linhas de teclado, com vocais poderosos e melódicos, lembrando em muito a sonoridade do Asia. O álbum fecha com “Return To Yesterday”, e podemos dizer que é a música mais Progressiva do álbum, com Bobby Kimball e Billy Sherwood dividindo os vocais ao longo dos 7 minutos, com direito a ótimos solos de guitarra e teclado.

A versão em digipack lançada na Europa vem com um CD bônus, com o Yoso se apresentando ao vivo, acompanhados de Scott Connor (baterista do Gabble Ratchet, banda tributo ao Genesis)) e Johnny Bruhns (do Roundabout, tributo ao Yes). O set-list do show compõe faixas do álbum “Elements”, bem como alguns clássicos do Yes (“Owner Of A Lonely Heart”, e um grande medley com vários clássicos) e do Toto (“Rosanna” entre elas), e é incrível a sincronia com que cada uma das canções é tocada, como se a banda já estivesse junta há 20, 30, 40 anos.

O Yoso atualmente está se preparando para uma turnê européia e depois mais algumas datas nos EUA. De acordo com o próprio Billy Sherwood, existe a possibilidade de passar por terras tupiniquins em meados de Abril do próximo ano. Só esperamos que o álbum também seja lançado em breve por aqui, pois é um grande trabalho, feito por grandes músicos, totalmente indicado para os fãs mais nostálgicos dos anos 80.

01. Yoso
02. Path To Your Heart
03. Where You’ll Stay
04. Walk Away
05. The New Revolution
06. To Seek The Truth
07. Only One
08. Close The Curtain
09. Won’t End Tonight
10. Come This Far
11. Time To Get Up
12. Return To Yesterday

Bonus Live CD

01. Yoso
02. Rosanna
03. Owner Of A Lonely Heart
04. Walk Away
05. Good For You
06. Yes Medley (Yours Is No Disgrace/Heart Of The Sunrise/South Side Of The Sky/Starship Trooper/I’ve Seen All Good People)
07. To Seek The Truth
08. Hold The Line
09. Cinema
10. Gift With A Golden Gun
11. White Sister

Nota: 8

Bons sonhos

Anúncios