Voltando à história do nosso amigo atormentado Nicholas… (Se você não sabe quem é ele, acesse a primeira parte aqui)

Ato 2

08) Scene Six: Home

Nesse momento, muito do que realmente aconteceu em 1928 é explicado…

Julian, até então era o namorado de Victoria, mas, devido ao seu possível vício em cocaína/drogas/álcool/jogos, ela acaba o abandonando e buscando conforto com Edward. O irmão de Julian inesperadamente começa a se apaixonar por ela, enquanto o outro se afunda cada vez mais em seus vícios e depressão. A primeiro momento, Edward se sente culpado por trair seu próprio irmão, mas logo a sua obsessão pela garota assume aspectos controladores e violentos… (os sons de uma mulher gemendo e uma máquina de jogo representam a situação em que os personagens se encontravam).

De volta ao presente, Nicholas acha que a chave para resolver esse mistério está em suas sessões de psicanálise.

09) Scene Seven Part I: The Dance Of Eternity

Como dito em Metropolis Pt 1, esse momento representa a união entre Victoria e Edward, onde a dança está ligada aos movimentos da relação sexual e a eternidade por causa da memória que permanece até hoje.

10) Scene Seven Part II: One Last Time

Em uma nova regressão induzida por hipnose, Nicholas está definitivamente convencido de que tem algo mais na história do que os jornais revelaram, então ele aumenta ainda mais a sua obsessão atrás de novas pistas, e é nesse estado de transe que ele visualiza o momento em que Victoria termina o relacionamento com Edward.

Já desperto, ele vai até a casa onde viveu Edward, em busca de algum indício e lá tem um certo pressentimento sobre o que realmente pode ter acontecido…

11) Scene Eight: The Spirit Carries On

Na última sessão de regressão, Nicholas está certo que Edward deve estar envolvido com o assassinato de 70 anos atrás, e quer ir até o fundo para solucionar o mistério de uma vez por todas. Ao mesmo tempo, Nicholas tem uma visão de Victoria, avisando-o de que está tudo acabado, agora que ele sabe a verdade, deve continuar vivendo e seguir em frente, mas sem esquecer ela, já que a morte não é o fim (seria essa a mensagem do álbum?).

12) Scene Nine: Finally Free

No momento da revelação sobre o que realmente aconteceu, o psicanalista traz Nicholas de volta a realidade bruscamente, e não fica muito claro se ele chegou a ver ou não o que vem a seguir…

Em 1928, Victoria e Julian resolvem se encontrar para tentar uma reconciliação. Victoria está totalmente decidida que, apesar dos problemas, Julian é o seu grande amor e ela está disposta a ficar com ele, obviamente, escondendo o fato de que já se envolveu com Edward. Durante o encontro, Edward aparece e agride Julian, que derruba uma garrafa durante a briga (indício do seu alcoolismo) e saca um canivete para se defender. O seu irmão então, dá-lhe um tiro.

Victoria grita com a morte de seu amado e não consegue aceitar o fato. Em sua frieza, Edward diz “Abra seus olhos, Victoria”, e em seguida atira nela também. Para montar o cenário do crime, escreve uma nota de suicídio, coloca no bolso do corpo de Julian e foge, para depois agir como uma testemunha anônima do crime.

De volta ao presente, Nicholas reflete sobre como está tranqüilo agora que o fragmento de Victoria pode descansar, e como a sua própria vida continuará mesmo após a sua morte. Já na sua casa, Nicholas começa a ouvir uma música e tomar alguma coisa, até que um carro chega. O psicanalista diz “Abra seus olhos, Nicholas”, e com um som estático o álbum termina, deixando algumas questões no ar…

Posteriormente, foi revelado que o psicanalista de Nicholas não é nada mais que a reencarnação do próprio Edward e, ao matar Nicholas/Victoria, fechou o ciclo novamente, sem que a verdade fosse revelada.

É uma história realmente trágica, e contando assim parece até mesmo um quanto confusa, mas é bem interessante (ainda mais para quem gosta de assuntos como esse, reencarnação e tal) e ao mesmo tempo profundamente triste.

O álbum ao vivo “Metropolis 2000: Scenes From New York” traz a banda tocando as músicas de Metropolis com atores encenando a história, segue um dos vídeos.

Espero que tenham gostado… e não percam o lado B do Progcast sobre o Dream Theater que irá ao ar no dia 18/06!

Anúncios